A Elegância Do Ouriço

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A elegância do ouriço (em francês, L’Élégance du hérisson) é o segundo romance da escritora Muriel barbery (desambiguação). Foi publicado em 2006 na editora Gallimard, ocasionando-se o sucesso da época com mais de um milhão de exemplares vendidos e trinta semanas no número um de vendas. O livro narra a história de Renée ou assim como conhecida como senhora Michel, uma mulher que oficia de goleira do número sete da via de Grenelle. Sob uma aparência simplona e assolada, Renée esconde alguns segredos, como ler livros de filosofia, apesar de preferir as grandes romances da literatura russa do começo do século XX.

No mesmo edifício vive Paloma, uma guria de doze anos de idade dotado de uma inteligência extraordinária, que rejeita o mundo dos adultos ao ponto que decidiu suicidar-se em 16 de junho, o dia de teu 13° aniversário. Ao longo do livro, são as próprias Renée e Paloma as que irão contando as suas histórias até o conclusão do livro.

  • 32 Boiadeiros , Pastor Australiano
  • 10 da Noite de bowling
  • De bordas pigmentados de preto
  • dois Os Sims 3: vida ao ar livre Acessórios
  • 47 Sessão mais longa

Renée Michel: Goleira, era de cinqüenta e quatro anos, há 27 anos trabalha no N.º sete da avenida de Grenelle; viúva, tem um gato chamado Leão -por Tolstói. Ama música clássica, em peculiar, a Gustav Mahler. Como encontra que a vida é uma vulgaridade, a partir do surgimento das fitas de VHS e depois em DVD, vê habitualmente Morte em Veneza.

Leia filosofia. Foi a filha de um dom ninguém, sem boniteza ou charme, sem passado nem sequer pretensão, sem queridinho, sem esplendor. Na sua infância, foi uma garota apática e quase deficiente, tão carregada de costas que quase parecia jubarte. Aos 12 anos deixou a faculdade para trabalhar em residência e no campo com seus pais e seus irmãos. Aos dezessete anos casou-se com Lucien.

É descrita como uma mulher de costas, abaixou-se, a cintura larga, as pernas curtas, os pés tortos, o pêlo abundante, os traços grosseiros, sem graça nem ao menos contornos. Vem de uma cidadezinha de Puteaux. Para o senhor Ozu, a senhora Michel será uma princesa clandestina e erudita. Paloma Josse: Filha pequeno de Josse. Vive no quinto andar do Nº 7 da rodovia de Grenelle, em um apartamento de ricos; tem doze anos e o dia que atenda aos treze (16 de junho) decidiu suicidar-se. Solange Josse: mãe, tem 45 anos, é doutora em letras, passa a maior parte do tempo dando a “tabarra” a respeito de as referências literárias.

de acordo com a Pomba teu doutorado tem servido pra publicar os convites, sem erros de ortografia. Há dez anos visita a teu psicanalista o doutor Theid e é viciada em os medicamentos para dormir. O senhor Josse: O pai. Não se menciona o seu nome, é deputado socialista e ex-ministro e, eventualmente, regressar a ser Presidente da Assembleia Nacional.

Manuela Lopes: Portuguesa, nascida em Faro, trabalha como empregada de limpeza por horas) para os Arthens e os Brooglie; o fará assim como, mais tarde, pro senhor Ozu. É amiga de Renée e baixa geralmente à baliza onde, bebendo chá, fez amizade com a goleira, jamais foram tuteado.

Rolar para cima