A Importância De Criar Filhos Com Espírito Empreendedor

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Há um ditado popular que diz que “o que se herda não rouba”. Dessa maneira, um menino que cresce em um lar onde os pais se sobressaem por teu caráter empreendedor, tem mais oportunidades de ser um espírito que ame a liberdade em todos os seus âmbitos, incluindo o profissional e econômico. Assim anuncia Marcelo Berenstein (emprendedoresnews), para quem o assunto para os pais estaria em “como formar filhos com os valores suficientes pra ser empreendedor e empresário seja uma escolha real e preciosa.”

Na sua opinião, existem incalculáveis conselhos a ter em conta se podemos que nossos filhos não se tornem “escravos adiantados a quebrável segurança de um salário”. O primeiro é “assumir que incentivar os bebês a gerar receitas próprias com negócios pequenos, como rifas, venda de doces na instituição, da família ou vizinhos, é interessante, mas não suficiente”. Há outros estilos, em tal grau ou mais interessantes, que são capazes de proteger o desenvolvimento das capacidades empreendedoras das garotas.

Para Arthur Blank, co-fundador da Home Depot Inc., os pais incentivam seus filhos no momento em que os incitam a procurar seu recinto e não deixar que se formem demasiado. Isto poderá ser conseguido fazendo-lhes questões constantes para oferecer um intelecto inquieto. Blank inclui: “cómpreles os brinquedos adequados, com os que as garotas necessitam localizar por si mesmos o que devem fazer”.

E no momento em que irão de férias, “experimente diferentes restaurantes fora do tipo de comida a que estão acostumados”. Para a professora do Babson College, especializada em empreendimentos familiares, Pramodita Sharma, complementa duas qualidades sérias que os pais devem incentivar seus filhos: ser escrupulosos e emocionalmente estáveis. Pra essa finalidade, precisam insistir em que os filhos completem tarefas de alta qualidade dentro dos prazos prometidos, sejam deveres, atividades extracurriculares ou trabalhos na moradia. E os pais, por tua vez, ser exemplo, demonstrando controle no momento em que as emoções transbordam. Os pais devem proteger seus filhos a discernir que o seu mundo está cheio de oportunidades de negócio e que identificá-las só exige análise concentrada e criatividade.

Para Christine Poorman, diretora-executiva do Network for Teaching Entrepreneurship, é significativo incentivar os alunos a passearem por causa de seus bairros e avaliar as tuas necessidades de negócio. E pôs como modelo a uma aluna que concluiu que os armazéns e lojas de ferragens de teu bairro não tinham bastante presença on-line, desse modo que lhes criou logotipos e blogs.

  • Um Suspeitos apontados na polícia da época 1.Um Montague John Druitt
  • Quantas seções tem que ter a web
  • Jazz vinil (2007)
  • É potência e economiza o emprego e a resposta do tempo
  • Em directo: Assim vivemos o jogo
  • Reduzir as desigualdades de recursos e de riqueza entre os grupos
  • Procure um local pro seu negócio

Pro empreendedor imobiliário Sam Zell, um empreendedor”a toda a hora vê dificuldades e depois as soluções”. “Quando eu tinha 12 anos, meus pais se mudaram de Chicago a um subúrbio”, lembra Zell. “A Cada dia eu ia à cidade de trem, após a faculdade para comparecer para as minhas aulas de religião judaica. Dei-Me conta que debaixo das vias elevadas do trem vendiam revistas Playboy. 3. Foi a minha primeira lição sobre a oferta e a procura”.

Os esportes conseguem ser uma super sala de aula pra losvalores de empreendedores. Para Blank, Home Depot, “os esportes ensinam o quão relevante é o trabalho em equipe. A semente para a idéia de Home Depot saiu de mim e de Bernie (Marcus), todavia bem como devemos que novas pessoas acreditassem no projeto pra entrar no jogo”. Mas bem como os esportes solitários são capazes de ser referência de ensinamento e inspiração.

Rolar para cima