A Primeira Coisa Que Precisa Fazer Se Você Encontrar Um Gatinho Órfão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Se você gosta de gatos ou é um cuidador de animais, é possível que um dia se depara com a formidável tarefa de cuidar de um minúsculo gatinho órfão. Os gatinhos são abandonados por uma abundância de razões – diversas vezes a mãe morreu, está doente, ou que tenha ignorado ou abandonado sua ninhada. Ademais, os gatinhos selvagens, às vezes, se afastam da mãe pra ser domesticados, visto que uma vez que chegam a por volta de 8 semanas de idade pela meio ambiente, normalmente não são considerados aptos como animais de estimação.

Idealmente, os gatinhos precisam estar com a tua mãe até que tenham ao menos seis semanas de idade, em razão de com o tempo sejam alimentados com o leite da mãe, mais saudável será o teu início da vida. O leite da mãe não só é a melhor nutrição para os seus gatinhos, porém assim como apresenta anticorpos consideráveis que ajudam a proteger os bebês das doenças, até que os seus próprios sistemas imunológicos sejam capazes de fazê-lo. Mas, com tudo isso que eu falou, os especialistas em gatos selvagens recomendam afastar os gatinhos selvagens da mãe de quatro semanas para começar a domarlos.

quanto mais crescem, mais difícil torna-se a convencê-los das vantagens de viver como animais domésticos no interior. É considerável compreender que se você tem um gatinho órfão ou selvagem, ela não está recebendo imunidade passiva de tua mãe, o que o torna vulnerável às doenças. Digo isso já que desenvolver um gatinho órfão com a idade de desmame requer uma grande quantidade de energia e semanas de tratamento, só pra dar ao baixo uma bacana oportunidade de sobreviver. E quanto mais bebe este, mais quebrável será. Infelizmente, os gatinhos órfãos, muitas vezes não sobrevivem, não importa o quão bom tenha sido o cuidado.

  • Praia de “l’Estany Existe?”
  • Aquários médios
  • Os segredos do pedigree
  • 5 Lácteos 2.5.Um Queijos 2.5.1.1 Guanacaste
  • dez 1) Border Collie

Se possível, fazer dois gatinhos órfãos juntos é melhor que um, por isso que se você conhece uma pessoa que tem um outro gatinho sozinho, juntarlos é uma boa ideia. Supondo que não teve sorte em localizar uma gata que esteja disposta a alimentá-los, o resto desse artigo irá expressar-lhe o que é necessário para desenvolver manualmente um gatinho órfão.

enquanto que a responsabilidade pode parecer esmagadora (de forma especial se você está lidando com um piá e não com um gato adulto), também podes ser muito gratificante. Para não mencionar o quão divertido. Se o teu gato sente frio, você deve ser aquecido de forma acelerada. A maior parte da energia de um menor gatinho se esgota gritando e maullando por comida, em vista disso que não há muita energia restante para produzir calor. Coloque uma almofada térmica e embrulhar com toalha dois ou 1 toalha dobrada, ou use uma garrafa com água aquecida a cerca de 100 graus, e envolta em uma toalha. Coloque-o no meio de tua “zona de ninho,” que tipicamente pode ser um portador ou caixa pra gato.

Se você usar uma garrafa de água terá que substituir a água frequentemente pra que a temperatura não abaixe. É significativo não alimentar o gatinho até que esteja quente (que é respeitável pra digestão), todavia podes oferecer Bioplasma homeopático (que assistência muito rapidamente a reidratação) dissolvido em um pouco de água pura e cálida. Um gatinho de 3 semanas de idade não pode controlar a sua própria temperatura corporal, pelo que tem que manter-se sobre o assunto uma almofada quente (novamente, coloque uma almofada e envolvê-la em toalhas), por todo o instante.

Certifique-se de que tenha um espaço extra para que ele se mova em caso que está muito quente e neste instante não quer estar lá. A almofada quente é preciso até que o gatinho tenha de 4 a cinco semanas de idade. O ninho de seu gatinho tem que estar em um lugar aconchegante e manso da casa, e totalmente longínquo de outros animais.

Adicione uma pequena toalha ou pano macio ao ninho, e continue-o coberto com uma toalha ou uma cobija. Você terá que trocar a roupa de cama pelo menos uma vez por dia – os gatinhos muito adolescentes mancharão o ninho. É claro que, à proporção que cresce, vai precisar de mais espaço pra correr, brincar, e investigar. Eu recomendo conduzir neste momento ao teu gatinho a um veterinário holístico ou integral, pra uma checagem de bem-estar. É uma legal idéia trazer uma demonstração de fezes pra que o veterinário possa examinar se há vermes e parasitas.

Rolar para cima