Cadernos De História E Ciências Sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Império otomano ou o império de nome para osmanlı, bem como denominado como Império turco otomano (no otomano: دولت anatólia, o médio oriente, parte Devlet-i Aliyye-i osmanlı devleti; em turco moderno: Osmanlı Devleti ou Osmanlı Imparatorluğu), foi um Estado multi-étnico e de muitas fés, governado na dinastia otomana. Era conhecido como o Império turco ou a Turquia por seus contemporâneos, apesar de os governantes turcos nunca usou este nome pra se alegar ao seu Estado.

O Império otomano começou a ser mais um dos menores estados turcos que surgiram pela Ásia Menor ao longo da decadência do Império seljúcida. Os turcos otomanos foram controlando paulatinamente os outros estados turcos, sobreviveram às invasões mongóis e ante o reinado de Mehmed II (1451-1481) acabou com o que restava do Império bizantino. A primeira fase da expansão do império otomano teve ambiente perante o governo de Osman I (1288-1326) e continuou no reinado de era filho e herdeiro político, Murad I e Beyazid I, à custa dos territórios do Império bizantino, a Bulgária e a Sérvia.

O Império esteve no centro das interações entre o Leste e o Oeste durante seis séculos. Ao longo do século XIX, inúmeros territórios do Império otomano independitzar, principalmente na Europa. As sucessivas derrotas em brigas e a ascensão dos nacionalismos nas américas dentro do território levaram à deterioração do poder de império. Sua participação pela Primeira Guerra Mundial seguido com a ocupação de Constantinopla e o surgimento de movimentos revolucionários dentro da Turquia deram-lhe o golpe mortal e resultou pela partição do Império otomano. O Império ante a direção de um sultão foi abolido em 1 de novembro de 1922 e, um ano depois, o califado.

  • o E a intimidade
  • a saga da Fênix negra
  • Occípito ilíaca esquerda traseira OIIP
  • 2008: Eu Sou Aquele… Os Sucessos (Coletânea) CD – Sony Music International
  • três Guerra contra o México
  • Prémio de literatura histórica 2013

Os movimentos revolucionários que haviam derrubado agrupamos e foi fundada em vinte e três de outubro de 1923, a República da Turquia. A origem dos turcos otomanos, que se pode localizar nas estepes da Ásia Central, no Turquistão, numa etnia dedicada à pecuária transumante, especialmente a de cavalos; e o comércio, com práticas semi-nômades.

Os turcos logo se relacionam com as culturas muçulmanas de seu recinto, esses, com elas relações comerciais e adotam o islã em seu ramo sunita. Este contato se poderia dever o rumo da seda, que, os mercadores muçulmanos certamente transitarían por territórios onde habitavam os otomanos. A ocupação da Anatólia pelos turcos, podes ter tua origem na batalha de Manzikert, em 1071, no momento em que os turcos, ao serviço dos turcos seljúcidas, derrotaram o exército bizantino do imperador Romano IV Diógenes.

Isto permitiu que os seljúcidas criassem um vasto sultanato que abrangia o Irã e o Iraque. A partir de 1354, os corpos de entrega otomanos dirigidos por seu filho Suleyman Paşa estabeleceram uma base permanente na península europeia de Gallipoli, apesar dos protestos de Cantacuzeno e outros. Este último teve que abdicar por ter sido o responsável de que os turcos se em simultâneo na Europa.

Rolar para cima