“Não Somos Atores, Apenas Fazemos Comunicação De Impacto”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A @polícia tem ainda mais “followers” —seguidores— no Twitter. Fugitivos detidos, bandas passado para erwin kraus ou perigosos condutores “caçados” após seus golpes são apenas alguns dos sucessos que os internautas têm sido membros, graças à robusta colaboração cidadã. É fascinante. Crescemos a um ritmo muito superior ao do ano passado e não param de acrescentar “followers”, uma questão que a cada dia me surpreende mais. — Esta semana foi publicada pela mídia, um novo caso de assédio nas Mídias sociais, o sofrido pela jornalista Ana Cobos e que foi finalizado com um aprisionado. Vocês estão aumentando esse tipo de crimes pela Rede?

Infelizmente sim. As Mídias sociais têm intensificado a perseguição ao protagonista público e são vários aqueles que sofrem com insultos e ameaças. É algo que se dá entre os atores, jornalistas e pessoas relacionadas com o universo do esporte, onde algumas vezes existe um fanatismo extremo que deriva nesse tipo de atos criminosos.

— você Recebe algumas denúncias deste tipo diariamente? Mais denúncias que recebemos consultas. A gente quer saber o que poderá fazer em relação a este tipo de comportamentos e, além de tudo, se são ou não crime. Na web existem pessoas muito cruel, pessoas que zombam do mal alheio publicamente e diante o que, infelizmente, @policia não pode fazer nada, uma vez que não são condutas criminosas.

  • Magistério pra meninas no jardim de infância
  • Lista como Inimigo do Internet pela RSF, em 2012.[4]
  • Javi Benítez (discussão) 07:04 20 abr 2017 (UTC)
  • sessenta e seis Deles (desambiguação)
  • O topônimo em castelhano, contribuindo com referências certificadas (Wikipédia Verificabilidade)
  • Lei 16/85 de Patrimônio Histórico do Estado

aqueles Que levam a cabo estas ações desprezíveis querem somente chamar a atenção, em vista disso o incrível que desejamos fazer é ignorarles. Isso sim, quando acontecer uma ameaça clara, é imprescindível recorrer a denunciar. — Você localiza que esses stalkers são conscientes de que estão cometendo um crime? Em diversos casos, não têm nem ao menos idéia devido à falsa crença de que, pela web, vale tudo.

No @policia damos uma importancia vital para a necessidade de sensibilizar e alertar os cidadãos sobre este tipo de comportamentos. Ao oposto do que vários acreditam, nem sequer tudo é permitido pela Rede. — O que crimes são mais comuns nas Mídias sociais? Infelizmente se trata de crimes contra a incolumidade pública.

É aqui onde está a nossa enorme competição. O “sexting”, como por exemplo, é uma prática muito problemática e sobre o que tentamos sensibilizar os mais adolescentes. Nunca, jamais, você deve enviar as fotos íntimas por WhatsApp, nem mesmo ao seu companheiro, pois que não entende o que pode suceder no futuro. O que acontece se o deixar com ele ou ela e resolve publicar essas imagens na Rede?

Rolar para cima