Negócios Pela Internet – O Que Posso Vender Pela Internet?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Por esta postagem eu pretendo responder a uma pergunta que me realizam com frequência, especialmente aquelas pessoas que querem vender pela Internet, todavia não sabem por onde começar. A pergunta é: “Eu não possuo um item, eu não possuo um serviço. O que posso vender na Internet? Eu sempre digo: “está a preparar-se ou se está fazendo a pergunta errada.”

Quando nós falamos em termos de Marketing, e um começa a imaginar no produto e depois trata de precisar qual o mercado, o público-centro é o que está potencialmente interessado por esse produto, estamos começando o inverso. A minha recomendação, e o que realmente dá resultados, não apenas pela Internet, porém fora da Internet, é começar pelo recurso totalmente oposto. Comece primeiro com o mercado e depois designar qual é o artefato ou produtos que conseguem satisfazer as necessidades deste mercado.

  • 1 Arquitetura 1.Um Memória de tambor
  • se Destaca no título o principal benefício que você vai ter o teu consumidor se decidir obter
  • três Comerciantes judeus
  • Agora “jogo” vai ter significado de o que eu quiser
  • Hiroshima Aluminium
  • Plataformas agora construídas e de simples acesso pra venda de seus artesanatos (ebay, etsy,…),
  • 9 O relato do item Artur
  • Para dirigir campanhas promocionais

Esse é o segredo. Se você não entendeu, lealo de novo, é tão considerável. Vou dar um modelo muito acessível. Digamos que você diz: “eu Vou vender na Internet e o item vai ser o artefato X”. Você começa a fabricar ou a compra dos direitos ou compra uma franquia ou se une a uma chance de negócio, visto que você acredita que é um item que vai ter muita saída.

E, muitas vezes, as pessoas me dizem: “É um objeto que o mundo inteiro precisa”. E me dizem deste jeito: “É que todo o mundo tem de você”. Eu apenas digo: “Oxalá aterrisem brevemente”, visto que esse é um erro. Por que é um erro? Porque você se mete nessa franquia, se mete nesta oportunidade de negócio e depois não tem nem ao menos idéia como entrar em contato com o público-centro para o qual quer vender o provável produto ou serviço.

Então, você começa a testar o mercado, vai vender pros advogados. Acontece que os advogados não estão interessados. Amanhã ele apresenta aos educadores, depois de amanhã, pra outro grupo, e como o mundo todo aparentemente obrigatório este item, você não se concentra em um campo, um nicho de mercado específico.

a Minha proposta tem muito mais lógica. Agora, não é que possa ser uma proposta minha, nem ao menos que eu a tenha inventado. É uma proposta que leva mais de cem anos de existência, o que leva de vida da Internet. A primeira coisa que você deve fazer é escolher um nicho de mercado, de preferência, um nicho de mercado que está apaixonado por um assunto, algo que o move interiormente, e que este grupo seja com facilidade encontrável pela Internet.

seja porque pertencem a uma associação, ou já que têm um tipo de afinidade, seja psicológica, empresarial, profissional, etc. Uma vez que você decide “Quero dirigir-me a este segmento do mercado”, a primeira coisa que deve fazer é entrar pela cabeça nesse público-centro, conhecê-lo de cor, como se estivesse tentando diferenciar a tua própria mão.

Uma vez que você tenha todo o entendimento dessa psicologia, simplesmente ele pede e oferece-lhes o que eles querem. Aí está todo o segredo do Marketing. Então, revertendo o recurso. Começa primeiro no mercado, e depois decida como você vai despachar você essa mensagem e em que meios. Lembre-se: a Internet não é a panacéia nem ao menos é o único meio onde você pode fazer vir a sua mensagem. É mais, eu abogo pelo uso de diversas tecnologias pra fazer chegar a sua mensagem. Há algumas atividades fora da Internet que conseguem ser utilizados pra potencializar seus negócios dentro da Internet. Ou o inverso, você podes usar algumas ferramentas de Internet para potenciar o seu negócio fora da Internet.

Rolar para cima