O Regime Ideal Para os (quase) Vegetarianos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ser flexitariano é como ter uma ligação aberta com os frutos e as verduras. Quais são seus amigos, seus colegas, em que se vê a cada dia, que lhe fornecem a energia que você precisa pra seguir em frente. Mas se qualquer dia você cair em tentação e não podes resistir a esse bife que se pisca provocativamente o olho, nesse lugar não aconteceu nada.

Regressar ao lar vegetariano após o teu deslize sem remorsos nem sequer autoengaños. Não quebrou nada. São coisas que acontecem. E até é ótimo que passem. Sim, a exceção não poderá se tornar a norma. Este movimento nasceu nos anos 90 nos Estados unidos. A frase foi empregada na primeira vez pelo chef Rui Morath pra definir o menu que iria ofertar no teu restaurante.

levou o seu pra aparecer às nossas terras de siri, peixe e carne. Mas enfim o fez, a mão dos foodies, como uma saudável escolha que não te obriga a renunciar a nada. Logo após, explicamos-te, em que consiste exatamente ser flexitariano (como já o era e não tinha nome) e que tem benefícios pra tua saúde.

Basicamente, os flexitarianos se alimentam de frutas, verduras, legumes e cereais, no entanto não se fecham em banda a outro tipo de alimentos, como os que proíbe a dieta vegetariana: carne e peixe. Costuma-Se relatar que consomem 80% de uma dieta vegetariana e 20% do que não é. Mas a chave não está lá. O que os caracteriza é que os alimentos de origem animal aparecem muito de vez em quando na sua dieta. O que diferencia esse regime de outros é esporádico (porém não é proibido) do consumo de carne e peixe.

  • Peru 2000: Sessenta e quatro representantes
  • 2 3. Dieta dos pontos
  • 5 Flexões
  • Boxe e triatlo, entre os esportes com superior traço cardiovascular
  • 1 Rivalidade por estabelecer a Sede da Diocese
  • “Aceitação”, a Adelardo Covarsí
  • Agora mover as pernas pro lado esquerdo
  • oito Definição de nutrição

Qual a diferença, dessa maneira, com um vegetariano que um dia ele salta o respeito ao flexitariano? Pois, seguindo a filosofia vegetariana, esse terá mudado a tua dieta, terá incorrido em uma coisa que, a priori, não podia fazer pra ser fiel aos valores pelos quais optou. Em compensação, o flexitariano, de alguma forma, só tem exercido uma das opções que se permite.

O bom de ser flexitariano é que você poderá pegar uma dieta a teu gosto. Em geral, costumam conduzir um par de pequenas porções de carne e peixe para a semana. Quanto ao resto da alimentação, segue um padrão vegetariano, entretanto não vegano, isto é, se conseguem permitir lácteos e ovos de forma habitual. Deste modo, o organismo conta com proteínas de origem animal, que é o principal desvantagem ao que se deparam os vegetarianos pro. Muitos flexitarianos apostam assim como por fazer 5 refeições de comida por dia, não muito fortes, no entanto que lhes permitam digerir adequadamente e evitar os ataques de fome.

Mas isto, como quase tudo no universo flexitariano, vai a seu gosto do comprador. É de fato muito prático poder comer de tudo quando você vai a um restaurante, ou no dia em que a mãe de sua namorada decide aprontar cozido para agasajarte. Mas as exceções que fazem os flexitarianos não costumam ter em tal grau a acompanhar com os compromissos sociais como com o tipo de carne que decidem pra pôr os chifres pra verdurita.

Por causa de decidiram por tomar conta de si mesmo, tendem a deixar as carnes vermelhas e escolher brancas. Vários estudos notabilizam que as carnes vermelhas são capazes de acrescentar o traço de doenças cardiovasculares e câncer. Assim, diversos são os flexitarianos que apostam apenas por aves de capoeira e de peixe. Em muitos casos, assim como adquirem carnes verdes.

Em geral, a dieta vegetariana é um extenso poupança entre os que a levam a cabo, pelo que coçar o bolso pra ter carne de peculiaridade não é um sacrifício tão extenso. Uma das tendências que tendem a seguir os flexitarianos é a de adicionar sementes na sua dieta. A semente de linhaça, como por exemplo, é muito saciante e, além disso, ajuda com os problemas de prisão de ventre, pois contém fibras solúveis, que é a que também controla o colesterol. Um dos efeitos dessa alimentação é que regula o peso. Ao inverso de algumas dietas, que representam reduzir o consumo e, por conseguinte, ir fome, esta não põe freios à quantidade de alimentos que você.

Rolar para cima