Os Cães Destinados A Este Fim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O bulldog ou bulldog inglês —em inglês: English Bulldog é uma raça canina oriunda do Reino Unido. Seu ancestral, denominado como o Antigo Bulldog Inglês, foi utilizado em disputas de cães com touros (bull-baiting) até meados do século XVII, se bem que em 1835 esta prática foi proibida no Reino Unido. Atualmente, este cão é um dos símbolos da Inglaterra. O termo bulldog foi citado pela primeira vez por volta do ano de 1500, em uma carta que pedia o envio de “2 bons bulldogs”.

O termo “Bull-dog” deriva da função em que cães desse tipo eram utilizados, isto é, para a guarda e o controle do gado bravo e a guerra com touros pra entretenimento. Há diversas teorias a respeito da origem do buldogue original. Alguns autores relatam que o velho bulldog estava relativo com o bulldog alemão (bullenbeisser), mastiff inglês, bulldog português e outros cães do tipo, e, deste jeito, era mais um descendente do cão alano. Outra suposição especula que sua origem está no “antigo cão africano, kelb thal gliet, ou cão de touros maltês: uma raça importada para a Inglaterra, que cruzada com antigos mastines deu origem ao velho bulldog inglês.

O bulldog de antigamente era mais leve e parecido ao destacou que o gorducho bulldog atual; era um animal puramente desportivo. Foi usado pela formação de novas raças como: bullmastiff, boxér, bull terrier e alguns sabujos como o beagle de tipo antigo. Como cão de luta era um animal que só aceitava o estímulo de animais maiores, tais como ursos, touros e até leões. A origem do nome se necessita ao evento de ser um cão de açougueiros, ou melhor, sua atividade era fazer correr com os touros, por confiar que em vista disso a tua carne era muito mais macia. Mas é viável que possa ser uma deformação do nome Band dog ou “cão corajoso”.

Os antigos bulldogs eram cães de porte variado, algumas vezes, cães de focinho alongado e de todas as cores. Tem de se ter em conta que o velho bulldog era um animal de trabalho pelo qual lhe dava muita seriedade ao feitio. As origens do bulldog inglês remontam, como todos os molossos, o mastiff tibetano, que se espalhou pelo universo graças aos navegantes fenícios. O valor, a potência física e a resistência à angústia manifestados por esses cães impressionaram tal os romanos que levaram alguns deles a Roma pra combatiesen na arena contra ursos e leões. Até mesmo, anos mais tarde, ele os lançou contra os cristãos.

  • 1 História 1.1 Revolução das montanhas-russas
  • Xofrango, Falco columbarius
  • Jogos de intercomunicação
  • Enterohemorrágicas (O157:H7)

Com a queda do Império romano dos Césares, os cachorros se expandiram por toda a Europa. Os cães destinados a este encerramento, eram incentivados desde filhotes a morder tudo o que passava diante deles; a seleção se operava, fazendo reproduzir só os exemplares mais robustos, fortes e agressivos.

Assim, conseguiu-se uma verdadeira ‘máquina de disputa de 4 patas’. O atual bulldog inglês é um animal orientado pra batalha em exposições de beleza. É inteligente, limpo e muito manso; é um muito bom animal de companhia. O bulldog é uma raça que se caracteriza por ter grossas, ombros e uma cabeça amplo em proporção ao seu corpo.

normalmente grossas dobras de pele em sua frente, seguidos de alguns negros, redondos e grandes olhos. Tem um focinho curto com pregas por cima do nariz, com uma papada pendente sob o pescoço, perto com uns lábios caídos e dentes pontiagudos. Nos Estados unidos o peso de um macho adulto é de em torno de vinte e dois kg e das fêmeas é de dezoito kg, para um buldogue inglês padrão. Algumas raças caninas se lhes diminui a cauda, ou se as atracam depois do nascimento, os buldogues são das poucas raças que têm a cauda naturalmente curta e encaracolada. Uma cauda longa e ereta é um defeito em um buldogue.

Rolar para cima