Os Truques Do ‘dinheiro sujo’

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Empresas de transporte não-oficiais em um centro comercial. A economia é um mal generalizado em Portugal, onde equivale, de acordo com a maioria dos estudos, a uma quinta divisão do Produto Interno Bruto (PIB) do povo. De acordo com um estudo Visa e AT Kearney, esse ano a economia em ‘b’ se equiparou ao de 21% do PIB. Até Celestino Corbacho, pelo desta forma ministro do Trabalho, admitia, em 2010, que tinha entre 16% e 20% da economia do estado, bem que muito rapidamente, entretanto, a ministra de Economia desmentirlo.

Se regularizase o dinheiro desiludido Fazenda, cerca de 220.000 milhões de euros, tendo uma estimativa intermediária, Portugal poderia pagar extenso parcela de tua dívida pública: 706.340 milhões no terceiro trimestre. Não obstante, nenhum país se livra nesse flagelo. Enquanto pela Grécia e pela Itália ronda entre 26% e 24%, respectivamente, do PIB, pela Alemanha (15%), França (13%), Suécia (16%) e Reino Unido (10%) é um pouco pequeno, de acordo com o estudo Visa. Há diversas formas de contornar a Fazenda, tantos quanto apresenta de si a imaginação para tentar poupar alguns euros.

Uma maneira de se pagar uma porção do salário em dinheiro ‘b’. Um cozinheiro de madrid, que almeja manter tua identidade no anonimato, trabalhou durante mais de 30 anos em incalculáveis restaurantes, onde cobrou uma cota de teu salário de modo sensacional, e a outra em preto. Seus últimos salários combinaram o Salário Mínimo Interprofissional (641 euros por mês em 2011) com outros 300 euros em ‘b’. Era isso ou não ter trabalho. Quando foi demitido, em seus sessenta e um anos, além da promoção de uma indemnização de 45 dias por ano trabalhado.

  • Um Definição acordada pela série de normas ISO 9000
  • 3 José Gil e Serra 5.3.1 A avenida de ferro de Barcelona, Tarragona por Vilanova i la Geltrú
  • sete chaves para possuir uma loja que converta
  • serviços e produtos para animais de estimação
  • Capítulo 2×019 (243) – “o Louco Por Maria!”
  • Fórum: Opine a respeito da atualidade do Sevilla
  • dois Contrato de franquia
  • Ponte das Artes, século XX

Como a tua contrapartida só levou em conta o salário ‘oficial’, cobrou 962 euros por ano. Em compensação, se tivesse tido em conta também a porção ’em branco’, teria sido de 1.408 euros por ano. Além disso, ao ter descontado menos pro desemprego, percebeu-se perto da prestação mínima de desemprego (497 euros mensais), em vez dos 700 euros a que teria correto. A economia também adiciona aquelas horas de serviço feitas mais do que nunca produziram e as responsabilidades assumidas por um salário inferior ao pago por elas. Atividades intangíveis que têm um choque económico que Fazenda não arrecada.

Exercer um serviço sem que seja conhecida essa categoria profissional pressupõe não cobrar o que figura na convenção. CCOO. Assim, o trabalhador podes reclamar ao empresário que lhe reconheça a tua nova ordem, conforme descrito na Lei de Processo do Trabalho. Deverá pagar-lhe o que não lhe pagou desde que começou a exercer o novo cargo. Por outra parcela, estão as horas extraordinárias. A multa pra empresa é de 626 a 6.250 euros por sobrepujar o limite de horas extraordinárias ou não informar mensalmente as feitas aos seus empregados, infrações consideradas graves. Este sistema consiste em uma trama de empresas que se aproveita do pagamento do IVA entre os países comunitários.

O Observatório da Agência Tributária chama de ‘truta’ as corporações fantasma que gerem esse tipo de fraude. Primeiro passo. A corporação ‘A’, definida pela Alemanha, vende máquinas ou automóveis da empresa ‘B’, espanhola. E como é uma operação intracomunitária de bens, ‘B’, solicitando a devolução total do IVA. Segundo passo. A corporação ‘B’, a ‘truta’, vende os automóveis da empresa ‘C’, todavia dessa vez, repercute o IVA na factura. Porém, não entra em Finanças e desaparece.

Terceiro passo. A organização ‘C’, presumivelmente inofensivo, tem uma factura que justifica o IVA pago. Por causa isto, declara ter pago 18% de IVA e não se deduz de tua declaração, embora, na verdade, nunca efetuou o pagamento à corporação ‘fantasma’. Se a compra foi de um milhão de euros, a empresa ‘C’ percebe 180.000 euros à custa da Fazenda, que nunca entrou um euro da fatura.

A Comissão Europeia considera que esse tipo de observação só 10% da arrecadação do IVA comunitário. É inadmissível ter um inspetor de Finanças, contando cada cana que se tira em um bar, cada roupa vendido em uma loja ou cada corrida dada por um motorista de táxi. Então conceberam os módulos, por volta de tabelas pra calcular o que tem que referir uma corporação ou um autônomo.

Tais como, um motorista de táxi acolhe-se a um hipotético módulo de 1.800 horas de trabalho por ano e cinquenta 000 km. Se engana Finanças e há 80. 000 km, pagaria (se os cálculos dos módulos fossem corretos) menos do que deveria em impostos. Só uma inspeção surpresa poderia pillarle. Mas isto não é tudo. O taxista, o bar ou a loja pode vender suas contas pras organizações que pagam o Imposto de Sociedades para que se deduzidas do IVA suportado e os bônus correspondentes às suas despesas. Por sua divisão, o ‘modulero’ apresenta-lhe como fazer ou não faturas no momento em que não está confinado a uma inspecção de Finanças, visto que paga a Fazenda de acordo com o módulo que está acolhido.

Veículos apreendidas na Guarda Civil. A fraude no imposto especial sobre isto os veículos de gama alta expandiu-se no decorrer dos anos do boom econômico. Finanças. Ao encerramento, o automóvel sai por por volta de 30% menos do preço e os inspetores descobrem-se à frente da ‘organização ecrã’ um as insolvente após o qual se esconde “uma verdadeira máfia”. O Governo anunciou em abril que as corporações não pagam contribuições atrasadas se regularizaban o emprego mergulhado antes do dia 31 de julho. A partir desta data, foram levantadas as multas, de 626 a 6.250 euros antes, entre 3.126 e 10.000 euros por cada emprego que não está listado para a Segurança Social nem sequer paga seus impostos.

Rolar para cima