Por Que Os Ratos Correm Em uma Roda?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Se tem como mascote um ratinho ou um hamster e lhe colocou uma daquelas pequenas rodas na sua gaiola haverá verificado como o animal sobe ao brinquedo e corre e corre como um desequilibrado, teoricamente sem intuito nenhum. Com efeito, os ratos em cativeiro são uns maníacos do exercício. Podem fazer mais de cinco km numa noite em suas rodas fixas. Mas os cientistas não sabem por que. Você é uma conduta aberrante provocada pelo fechamento numa gaiola de tamanho reduzido ou é o roedor exige movimento para manter-se saudável?

Ao que parece, há qualquer coisa mais do que isto e está relacionado com a diversão e o prazer. Pesquisadores da Universidade de Leiden, na holanda constataram que este passatempo ao “running” bem como é compartilhada pelos ratos que vivem na natureza, até já por algumas espécies. Simplesmente, desfrutar da diversão do exercício. Em 2009, a neurofisióloga Johanna Meijer levou a cabo um simples experimento em teu jardim.

Colocou um prato com chocolate e novas delícias para atrair os animais e, muito perto, uma gaiola aberta com uma destas ruedecillas pra animais de estimação. Em média, os ratos selvagens observados pela equipe corriam um ou 2 minutos, mais ou menos a mesma duração observada em ratos de laboratório, A equipe repetiu o experimento em um lugar próximo e aconteceu qualquer coisa muito parecido.

Os animais seguiram correndo na roda mesmo quando Meijer retirou a comida, mesmo que atraía a menos. Às vezes, os roedores estavam tão agoniados para correr, que não podiam esperar a tua vez. Em uma ocasião, um grande rato empurrou pra outro mais menor, quando subiu pra roda e começaram a correr em direções opostas.

O iodo radioativo é administrado oralmente (líquido ou em comprimidos), numa única tomada, para remover a glândula hiperativa. O iodo gerenciado é desigual do que se utiliza para o exame radiológico. O tratamento com iodo radioativo se realiza uma vez confirmado o tiróide hiperfuncionante a partir de uma radiografia com iodo marcação (modelo ouro).

  • Zarro-americano, Aythya americana
  • três Chronicle I: Harbingers of War
  • 62 € (a começar por)
  • dois Bob de Moor
  • Vamos Dançar (Lets Dance)
  • Poder cuspir sem abrir a boca
  • 1 Diferenças nas condições de fabricação
  • Coelho comum

O iodo radioativo é absorvido pelas células da tireoide e se destroem. A destruição é específica, uma vez que só é absorvido por essas células, desta maneira não se ofenda outros órgãos próximos. Esta técnica é usada desde os anos 50′. Não precisa ser administrado durante a gravidez nem ao menos ao longo da amamentação. A dose exata é dificultoso de precisar, o que, várias vezes, devido ao exagero de gerenciamento, você podes sendo acionado o hipotireoidismo. Este hipotireoidismo será tratado com levotiroxina, que é o hormônio tireoidiano sintético.

Os medicamentos não são utilizados pro teu tratamento, e contra ele são os chamados remédios pra tiróide, os quais bloqueiam a ação da glândula tireóide e, por conseguinte, impedem a produção de hormônios da tireoide. Dentro deste grupo de remédios, principalmente os que se utilizam são: o carbimazol, o metimazol e o propiltiouracilo.

Também são utilizados os antagonistas dos receptores beta-adrenérgicos, como o propranolol. Outros beta-bloqueadores bem como são úteis pra controlar os sintomas, como profilaxia antes da operação de tireóide ou da administração de antitroideos. Em veterinária, o hipertireoidismo é uma das doenças endócrinas mais comuns, que influencia principalmente os gatos domésticos mais velhos. Esta doença começou a reportar-se nos anos 70.

Rolar para cima