Se A Doença Não For Tratada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Cystoisospora felis, antecipadamente chamado de Isospora felis, é um parasita microscópico unicelular, responsável pelo causar uma doença gastrointestinal em gatos, chamada de coccidiosis. Cystoisospora, antecipadamente chamado de Isospora, é um gênero de protozoários que produzem coccidiosis em humanos, cães e gatos. A coccidiosis é uma infecção intestinal causada por participantes do filo sporozoa, entre os quais se localiza o gênero Cystoisospora.

O hospedeiro definitivo expulsa sangüíneos sem esporular com as fezes. Estes sangüíneos esporulan entre as quarenta hs (a 20 ºC) e as 8 hs (38 ° C), A esporulación não acontece a temperaturas superiores a quarenta e cinco ºC. Os sangüíneos infectivos entram no hospedeiro definitivo, por via oral, e uma vez no aparelho digestivo se dissolvem e se livram esporozoitos no intestino delgado.

Estes esporozoitos divisam os enterócitos das porções distais dos villi do íleo; o primeiro ciclo de desenvolvimento acontece, possivelmente, por endodiogenia e ocorrem, no mínimo, três diferentes tipos de merontes. A fase sexual ocorre mais um menos aos seis dias pós-infecção, e os primeiros sangüíneos se observam no sétimo dia.

O tempo de peixe da água açucarado é de sete a onze dias e o tempo de patente de 10 a 11 dias. Alguns hospedeiros intermediários são capazes de ser envolvidos, opcionalmente, no passo de existência do parasita. Tais como, os roedores podem se infectar por meio da ingestão de sangüíneos esporulados. Os esporozoitos libertos destes cistos entram diversos tipos de células do roedor, todavia permanecem sem alterações de tema em um meio, até que esta célula é consumido pelo hospedeiro definitivo.

  • o Nosso estado imediatamente viveu alguma ocorrência parecida
  • 1 História 1.1 Especiais
  • Podemos tomar um café ou levar os filhos a um parque com selins para sua diversão
  • 1 Escolha do gato

Por causa de não há desenvolvimento parasitária no hospedeiro intermediário podes ser considerado um hospedeiro de transporte ou paraténico. Dentro dos animais, que conseguem atuar como hospedeiros paraténicos, tais como, camundongos (Mus musculus), ratos (Rattus norvegicus), hamsters (Mesocricetus auratus), bovinos (Bos taurus), e cães (Canis familiares). A Coccidiosis normalmente não representa uma extenso ameaça à saúde do animal, a menos que o animal seja de imediato esteja doente ou inmunodeprimido.

Em alguns casos, a infecção em adultos é assintomática; em outros casos (principalmente cachorros) o parasita poderá causar anemia, perda de peso, aflição abdominal, vómitos, diarreia líquida, febre, desidratação e depressão. Se a doença não for tratada, podes conduzir à morte do animal. Em nenhum caso os hóspedes paraténicos apresentam sintomas clínicos. Os estudos experimentais sinalizam que C. felis é moderadamente patogênico para os gatinhos entre 6 e treze semanas.

Rolar para cima